PREPARAÇÃO PARA O TREINO: como otimizar os resultados?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A preparação para realização de uma sessão de treinamento envolve decisões baseadas nas variáveis agudas do programa e a manipulação de cada uma dessas variáveis influenciará o estímulo imposto e as adaptações ao treino.

Em artigo recentemente publicado pelo maior pesquisador na área da musculação, William Kraemer em parceria com Mike Nitka (2021), são apresentadas questões fundamentais para otimização dos resultados e segurança dos treinos, que devem ser respondidas antes de se iniciar um exercício:

  • Você está realmente focado no exercício que irá realizar?
  • Você conhece a pegada e posição inicial do exercício?
  • Você consegue realizar o exercício com técnica adequada?
  • Você conhece a amplitude de movimento adequada para o exercício?
  • Você começa aquecendo com cargas leves?
  • Você ajusta as máquinas às medidas do seu corpo antes de começar?
  • Você sabe a técnica de ajuda adequada para o exercício, e tem um spotter (treinador/parceiro) competente para te ajudar com técnica e força para o caso de você falhar?
  • Você já praticou o movimento com o spotter visando melhorar a comunicação e técnica durante os treinos e saber exatamente tudo que será feito caso ocorra a falha ou algo do tipo?
  • Você conhece a técnica adequada de respiração?
  • Seu treinador ou parceiro de treinos te fornece um feedback sobre sua técnica?
  • Ele te fornece incentivo verbal durante a realização dos exercícios?

Referências:

 

  • Kraemer WJ, Nitka M. Preparing to Perform a Resistance Training Workout. Strength and Conditioning Journal. 43; 122-123. 2021
Belmiro Freitas de Salles

Belmiro Freitas de Salles

Pesquisador | Professor | Treinador
Professor Dr. Belmiro Freitas de Salles
Professor e Pesquisador 
Coordenador do STLab.com.br
Pós-Doutorado (UFRJ)
Doutor em Fisiopatologia Clínica e Experimental (UERJ)
Mestre em Educação Física (UFRJ)
Especialista em Musculação e Treinamento de Força (UGF)
Graduado em Educação Física (EEFD/UFRJ)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Outros Conteúdos

CADÊNCIA LENTA NA MUSCULAÇÃO?

Avalie este post Uma variável que é geralmente negligenciada pela ciência da musculação, assim como na prática, é a cadência, que pode influenciar inúmeros fatores

Assine a nossa Newsletter